Dicionário de cachos/transição capilar

E aí pessoas, tudo bem?
O assunto de hoje é para as recém-chegadas aos cachos. Nós sabemos da
complexidade de cuidados que são necessários na nossa rotina capilar
diária, com isso diversos termos surgiram ao longo dessas descobertas e
eu vou compartilhar alguns deles aqui e agora com vocês. Preste atenção:

DAY AFTER: significa o dia após a lavagem dos cachos. Para algumas
meninas é o dia em que os cabelos se apresentam mais lindos.
BIG CHOP: é quando a transicat decide eliminar de uma vez por todas a
parte que ainda tem química. Elas optam por fazer o ‘grande corte’
deixando apenas a parte natural.
TEXTURIZAÇÃO: também é uma opção para as transicats e serve para
dar forma aos cachos, existem várias técnicas que possibilitam isso, e
você consegue diferentes resultados.
FITAGEM: técnica de finalização que facilita na definição fazendo com
que todos os fios recebam o finalizador. Para fazer a fitagem você deve
aplicar o produto e enluvar os cabelos entre os dedos, também é possível
usar um pente de dentes largos.
TWIST: é a técnica de texturização mais utilizada entre as meninas. Você
deve enrolar duas mechas da raiz até as pontas.
COQUE ABACAXI: coque feito no topo da cabeça, normalmente feito na
hora de dormir para evitar que os cachos desmanchem durante o sono.
PLOPPING: significa enrolar algum tecido no cabelo para preservar a
forma dos cachos, usado na hora do banho ou durante a noite.
TRANSIÇÃO CAPILAR: é a passagem de um cabelo quimicamente
tratado para cabelos naturais, quando a cacheada decide se assumir e
transformar-se em uma #DIVA cacheada/crespa.

BABY HAIR: fios de cabelos da testa e nuca, mais evidentes nas crianças.
Nas moças e adultas o baby hair serve para dar um toque final em
qualquer penteado deixando mais fofinho.
BAD HAIR DAY: é aquele dia em que os seus cachos decidem ficar de mal
com o mundo. Não há nada que os deixem da maneira que te agrada.
Nesse dia você acordou no dia ruim do cabelo.
É isso, queridos! Espero que tenham se familiarizado ainda mais com essa
nova fase. Cuidar dos cachos é redescobrir a beleza que estava oculta. Se
assumir foi a melhor decisão e você vai perceber isso em breve, se já não
percebeu!
Beijo, abraço e aperto de mão! :* 😉
Naná Campos

Anúncios

Mudar é sempre bom! Cabelo novo!

Olá, meus queridos! Tudo bem?! Hoje passeio pelo blog para mostrar meu novo cabelo. Confiram o antes e depois nas fotinhas.

Não costumo mudar frequentemente meu cabelo, mas quando resolvo mudar, tem de ser um tanto radical, pra dar aquele sustinho ou surpresa!

O corte de cabelo foi feito pela cabeleireira Rosângela, do salão de beleza Rô Company no centro de Limeira/SP.

Super recomendo esse salão de beleza que está muito preparado e qualificado pra cuidar do teu cabelo, seja ele qual tipo for. E também possui um conhecimento especializado em cabelo cacheado, crespo, afro.

É isso, pessoal. Espero que tenham curtido a publicação. E pra você que tá desencorajado(a) a mudar total seu cabelo, a dica é: cabelo cresce! Tudo passa, até mesmo sua tinta, cabelo curto, aplique, trança… tudo passa!

Super beijo!
Naná Campos.

Como dar volume em cachos largos

Cachos mais largos são aqueles famosos cabelos “armados” que não são nem lisos e muito menos crespos, e se você não se dedica a cuidar desse lindo tipo de cabelo, ele realmente vai ser indefinido sempre.

cabelo-cacheado-como-fazer

Volume foi inimigo das mulheres no mundo inteiro e por muito tempo e, pouco a pouco, fomos descobrindo a beleza nele, mas assim como tem gente que detesta, tem gente que queria muito ter e não consegue. Para essas pessoas, vim dar umas diquinhas de como fazer isso da melhor maneira nos tipos de cachos mais abertos (tipos 2C/3A).

Tipos de Cachos

tipos-de-cacho1.png

Primeiramente, vamos deixar claro que nosso cabelo tem que ser aceito por nós mesmas antes de ser imposto a qualquer público ou pessoa de opiniões e gostos diferentes dos nossos. Se aceitou? Entendeu que o que cabelo que nasce na sua cabeça é lindo? Ok, agora podemos seguir em frente. No meu caso, consigo conciliar definição e volume (meu cabelo é o tipo 3B), mas nem sempre é assim. Na maioria das vezes, as cacheadas com os cachos mais largos, tem que optar por um ou por outro, mas falta de definição não é o fim do mundo e temos que aprender a amá-lo até sem as formas certinhas.

Desde que me entendo por cacheada adepta dos cachos, sempre procurei cremes de pentear que me dessem uma definição bacana (não tanto definido, até porque amo um volumão!).

Ultimamente o mercado tem oferecido “misturinhas”, onde sempre usa-se dois tipos de produtos com duas consistências diferentes. Uma mais gelatinosa e outra mais cremosa, mas mais ralinha.

Uma opção que já usei e super indico é o pente garfo, que funciona melhor nos dias após a lavagem e finalização, em que os fios já estão mais amassadinhos e precisam daquele “UP”.

Pente Garfo

ed0f85370b

Bom, não existe muito truque para ter volume nos fios cacheados, o meu melhor conselho é: Mantenha seu corte sempre em dia e use os produtos corretos. Todo cabelo bem cuidado exige uma atenção especial de nós, então vamos nos dedicar, porque o cabelo é parte do nosso corpo e reage às nossas emoções. Vamos amar o frizz dos dias seguintes, ele dá uma super ajuda no volume e já deixou de ser nosso inimigo há muito tempo!

Espero que tenham gostado do post de hoje. Nos falamos na semana que vem. Beijo da Naná!

Aceitando meus Cachos

Olá, leitores de plantão!

Como já sabem, sou Naná Campos e hoje venho contar minha história sobre minha cabeleira.

Desde pequena sempre tive cabelo cacheado. Cresci com o cabelo cacheado e gostava dele, mas não tanto quanto hoje. Na verdade, eu tinha um pouco de resistência ao aceitar meu cabelo.

Bom, eu cresci e meu cabelo cresceu também, como podem ver nesta foto:

15135513_1013061835469828_1570703538_n

Cheguei na adolescência…que fase! A gente quer fazer tudo diferente, tudo que nunca fizemos, tudo que pode chamar a atenção de tudo e de todos (risos). Foi então que resolvi colocar dreads de lã:

15049910_1013061845469827_208215150_n

Aproveitei bem os dreads de lã, até acontecer um acidente. Fui inventar de usar um gel logo que coloquei os dreads de lã para as pontinhas do cabelo da frente não ficarem arrepiados. O gel não tinha nome, marca, informações, nada escrito! Fui retirar os dreads de lã e meu cabelo deu um nó de ter de retirar em salão e ficou todo quebrado, sem forma, enfim…horrível. Não tive opção a não ser alisar, e então dá-lhe escova progressiva na cabeça (fiquei muito mal, porque eu até gostava do meu cabelo!). Obs.: em hipótese alguma utilizem qualquer produto sem informações na embalagem. Se não houver informações, correrão o risco de estragar o cabelo de vocês!

Eu acabei me acostumando com o liso e por uns 6 anos mantive alisado – depois de tanto tempo já não lembrava mais de ter meus cachos de volta. Mais tarde resolvi fazer 12 dreads com meu próprio cabelo (que se faz com agulha de crochê). Não durou quase nada: uns 6 meses por aí – achei que duraria mais tempo…(risos)

15129796_1013061852136493_1401452679_n

No início de 2014, eu tomei a decisão de mudar radicalmente: cortar o cabelo curto e mantê-lo natural. Eu nunca tinha tido cabelo curto natural e há muito tempo não sabia o que era ter cachos, mas repentinamente ousei.

Os anos foram passando, o cabelo natural crescia, eu cortava, depois mantinha o crescimento e a vida seguia. Eu tinha certeza a cada dia que cortar foi minha melhor escolha, porque eu me sentia de verdade, eu me sentia Naná, eu me reconhecia no espelho, sem medo de ousar, de realmente ser feliz com minha aparência! Se lembram no início do texto que eu tinha certa resistência ao meu cabelo natural? Essa resistência trocou de lado. Hoje resisto pra manter meu cabelo natural, não me sinto mal, nem inferior, nem ‘neurótica’ em ter de passar a mão nos cabelos para diminuir o volume. Hoje o que mais amo é volume! E dá-lhe volume rsrs…

15057899_1013061848803160_1113842648_n

Por isso, se você sente receio, medo, vergonha em mudar seu cabelo, primeiro é preciso que você o aceite como ele é naturalmente – caso contrário nada dará certo. Se houver aceitação, tudo fica mais fácil. A aceitação te dará toda coragem pra mudar e até ousar nos fios – seja lá a mudança que for. Quero deixar claro que, se você tem cabelo cacheado e/ou crespo natural e se sente bem com cabelo alisado artificialmente, com dreads, curto, comprido, não tem problema nenhum! Se você é feliz como está, então ótimo! Se pretende mudar, ótimo também. O mais importante é: tenha a coragem de ser o que se quer ser, independente de situações, pessoas, lugares, etc. Seja você como quiser! Seja feliz, mas seja sempre você!

Beijo, abraço e aperto de mão.

Naná Campos

fb.com/nanacamposs

instagram: @nanacamposart

 

15049659_1013061855469826_1051666739_n

Obs.: todas as imagens são do arquivo pessoal de Naná Campos.